QUAL A DIFERENÇA ENTRE NUTRICIONISTA, NUTRÓLOGO E ENDOCRINOLOGISTA?

QUAL A DIFERENÇA ENTRE NUTRICIONISTA, NUTRÓLOGO E ENDOCRINOLOGISTA?

Você tem cuidado da sua saúde corretamente? Saiba que o primeiro passo para garantir uma vida saudável é descobrir qual é o especialista responsável por seu problema e quando deve procurá-lo. 

Dentre as dúvidas médicas mais comuns está a diferença entre os serviços prestados pelo endocrinologista, nutrólogo e nutricionista. Afinal, todos estão ligados a alimentação e saúde, um dos fatores mais preocupantes na atualidade. 

Segundo os levantamentos, "a proporção de obesos na população com 20 anos ou mais de idade mais que dobrou no país entre 2003 e 2019, passando de 12,2% para 26,8%. Nesse período, a obesidade feminina subiu de 14,5% para 30,2% , enquanto a obesidade masculina passou de 9,6% para 22,8%", alertam os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

Por isso, a preocupação com o corpo está diretamente ligada ao ganho e perda de peso. Nisso contam a ingestão de alimentos e as quantidades necessárias, que sempre devem ser monitoradas por um especialista. Então, saiba quando procurar cada um deles e qual o mais indicado.

Endocrinologista

O médico tem conhecimento sobre metabolismo e hormônios, para tratar de doenças como diabetes, hipertireoidismo, hipotoreoidismo, obesidade e hipoglicemia. Todos os tipos de distúrbios hormonais são tratados pelo médico endocrino, além das síndromes metabólicas.

Neste caso, ele repõe os níveis e os controla com o auxílio dos fármacos, em um período de curto a médio prazo. O que é diferente do nutrólogo, que foca em mudar os hábitos e proporcionar um resultado duradouro, a longo prazo. 

Por isso, eles se complementam em suas competências. São necessários em conjunto em diversos casos, como na supervisão de atletas e pós cirúrgicos.

Nutrólogo

É o médico especializado em nutrologia funcional, para determinar a eficiência dos nutrientes para o organismo. Também é considerado um endocrinologista com uma linha diferenciada. Ele trata obesidade, desnutrição e todos os males causados pelo desequilíbrio nutricional. 

As vitaminas e minerais devem ser cuidadas na ingestão para que os problemas sejam sanados, com o menor nível de remédios possível. Assim, garante a longevidade da eficiência e uma vida mais saudável. Diante disso, algumas pessoas preferem o acompanhamento somente com o nutrólogo para obterem soluções naturais e melhoras no desempenho. Afinal, o equilíbrio do organismo reflete em todo o corpo.

Observações - O nutrólogo não pode indicar dietas, pois o trabalho é feito inteiramente pelo nutricionista.

Nutricionista

Diferentes dos médicos citados, a nutrição não faz parte da medicina e forma os nutricionistas. Esse profissional atua para criar um equilíbrio entre os alimentos ingeridos, suas calorias e nutrientes. 

Ele é o responsável por indicar regras alimentares para tratar diversos problemas. Assim, o nutricionista melhora a qualidade de vida e indica a ingestão correta proporcional ao corpo. Por fim, o paciente garante a prevenção das doenças somente com uma alimentação saudável.

Quando existe um desequilíbrio severo, como a desnutrição e a obesidade, é preciso contar com um time, onde a alimentação fica a cargo do nutricionista. No entanto, também é preciso passar com nutrólogo e endocrinologista para saber sobre remédios e suplementações medicamentosas.

Observações - O nutricionista pode indicar a melhor dieta, mas não pode fazer prescrições medicamentosas, somente o uso de suplementação.

Saiba quando procurar um nutrólogo, nutricionista ou endocrinologista.

 

Nutrólogo - Deve ser procurado quando existe a presença de uma doença crônica e tratamento a longo prazo ou contínuo, que não consegue melhora apenas com uma alimentação equilibrada;

Nutricionista - Quando a alimentação pode melhorar a condição de vida e ajudar a sanar alguns males com o auxílio de uma dieta equilibrada e desenvolvida para uma necessidade específica;

Endocrinologista - Quando ocorrem mudanças no corpo sem um motivo aparente, como ganho de peso ou perda excessiva, problemas no ciclo menstrual, cansaço extremo, perda ou aumento de pelos, vontade urinar em excesso, dentre outros.

Todas as especialidades são semelhantes, mas diferentes em seus cuidados, por isso têm seus serviços completados entre si. A consulta com um endocrinologista não descarta os demais, e vice e versa. 

Por todos esses motivos, é fundamental saber sobre a especialidade dos médicos e outros profissionais da saúde e não cair em nenhuma cilada, afinal seu corpo é o seu templo.